Pulso fraco, Roma e Liverpool na base da saída de Valverde

Barcelona 13-01-2020 22:59
Por Redação

Já não era recente a enorme contestação em torno do trabalho de Ernesto Valverde, que apesar de ser o bicampeão espanhol em título sempre viveu com enorme ruído em torno de si.

 

Confirmada a saída do técnico espanhol, que dá lugar ao compatriota Quique Setién, o Sport faz um apanhado dos momentos mais negativos do currículo de Valverde, acabando por conduzir à sua demissão.


A eliminação aos pés da Roma, nos quartos de final da Liga dos Campeões 2017/18, com um 0-3 em Itália depois de vitória por 4-1 em Camp Nou juntou-se à queda histórica perante o Liverpool, em Anfield, com derrota por 0-4 após triunfo em casa por 3-0. Duas derrotas pesadas, que afastaram os catalães da luta pela Liga dos Campeões, apesar do sucesso interno.

 

A adicionar isto há, aponta o Sport, a crescente perda de pulso de Valverde no seio do balneário, chegando a dizer-se mesmo que eram os jogadores que mandavam.

Ler Mais
Comentários (8)

Últimas Notícias