‘Leões’ vs ‘dragões’. Primeiro clássico da época coloca frente-a-frente campeões da valorização do ‘Transfermarkt’

Desporto 11-09-2021 18:08

De acordo com a última revisão na avaliação de futebolistas desta plataforma, datada de julho de 2021, 'leões' e 'dragões', colocam quatro jogadores cada no 'top10' dos jogadores que mais valorizaram na Liga portuguesa. Mesmo assim, os dois plantéis estão separados por quase 71 milhões de euros, com vantagem para o FC Porto.

José Carlos Lourinho

Sporting CP e FC Porto defrontam-se este sábado (Estádio José Alvalade às 20h30) naquele que vai ser o primeiro clássico da temporada e num jogo que coloca frente-a-frente as duas equipas que mais futebolistas valorizaram na Liga portuguesa, de acordo com os dados do site de avaliação de jogadores profissionais de futebol, ‘Transfermarkt’.

De acordo com a última revisão na avaliação de futebolistas desta plataforma, datada de julho de 2021, ‘leões’ e ‘dragões’, colocam quatro jogadores cada no ‘top10’ dos jogadores que mais valorizaram na Liga portuguesa.

Pedro Gonçalves, médio do Sporting CP e melhor marcador da última edição da Liga portuguesa (23 golos), foi o futebolista que mais valorizou: o valor de mercado do antigo jogador do Famalicão subiu 14 milhões de euros para uma valorização de 22 milhões de euros. No segundo lugar, surge o extremo do FC Porto, Luís Díaz, cuja valorização cresceu 12 milhões de euros para um valor de mercado de 25 milhões de euros.

Pedro Porro (20 milhões), Sérgio Oliveira (19 milhões), João Palhinha (21 milhões), Chancel Mbemba (16 milhões, Gonçalo Inácio (9 milhões) e Francisco Conceição (8 milhões) são os restantes jogadores de Sporting CP e FC Porto presentes neste ‘top’10 onde constam ainda dois jogadores: Al Musrati (Sp. Braga) e Roman Yaremchuck (SL Benfica).

Plantéis separados por 71 milhões de euros

Ainda de acordo com o site ‘Transfermarkt’, é possível perceber que os plantéis do FC Porto e do Sporting CP estão separados por um valor de mercado de quase 71 milhões de euros, com vantagem para os ‘dragões’. O plantel campeão nacional na época passada apresenta um valor de mercado de 191,1 milhões de euros enquanto o grupo de trabalho liderado por Sérgio Conceição tem um valor global de 262 milhões de euros.

Do lado do Sporting CP, e após o fecho da janela de transferências de Verão, o reforço espanhol Pablo Sarabia (25 milhões), Pedro Gonçalves (22 milhões) e João Palhinha (21 milhões) perfilam-se como os futebolistas mais valiosos entre os jogadores treinados por Rúben Amorim.

No ‘Dragão’, o extremo mexicano em fim de contrato, Jesús Corona, apresenta-se agora como o mais valioso deste plantel: 30 milhões de euros. O extremo colombiano Luís Díaz, uma das estrelas da Colômbia da última edição da Copa América, tem um valor de 25 milhões e o mais recente internacional AA português, Otávio, é o terceiro mais valioso: 24 milhões de euros.

‘Leões’ mais contidos no mercado

Num dos mercados mais contidos do Sporting CP nos últimos anos, os ‘leões’ gastaram um total de 12 milhões de euros em dois jogadores: Manuel Ugarte (6,5 milhões) e Ricardo Esgaio (5,5 milhões). No que diz respeito às vendas (total de 13,5 milhões), o mercado também foi contido com a maior receita a ser arrecadada a partir da taxa de empréstimo de Nuno Mendes ao PSG: 7 milhões de euros. Luís Maximiano rendeu 4,5 milhões aos cofres dos ‘leões’ e Josip Misic deixou 2 milhões de euros em Alvalade.

A venda de Danilo ao PSG em janeiro refletiu-se agora nas contas do FC Porto e esses 16 milhões de euros permitiram que o FC Porto apresentasse uma receita de 24,7 milhões no mercado. Nas despesas, jogadores como o extremo brasileiro Pepê (15 milhões); o defesa-esquerdo Wendell (4 milhões) e o médio Bruno Costa (2,5 milhões), entre outros futebolistas, resultaram num investimento total de 21,25 milhões de euros.

Ler Mais