Fisco investiga 500 milhões de euros em negócios de 14 agentes de futebol

Desporto 11-01-2021 11:02

Operação 'Fora de jogo' tem como objetivo passar a pente fino todos os negócios conduzidos por 14 agentes e intermediários, com Jorge Mendes, a ser aquele que mais dinheiro movimenta.

Rodolfo Alexandre Reis

O fisco está a investigar 500 milhões de euros em negócios que envolvem 14 agentes de futebol, sendo Jorge Mendes um do mais visados na denominada operação ‘Fora de jogo’, conta o “Jornal de Notícias” esta segunda-feira, 11 de janeiro.

Os inspetores da Direção de Serviços de Investigação da Fraude e de Ações Especiais da Autoridade Tributária (DSIFAE/AT) estão a passar a pente fino todos os negócios conduzidos por 14 agentes e intermediários, com o empresário de Cristiano Ronaldo a ser o que mais dinheiro movimenta.

De acordo com o “JN” das 76 buscas efetuadas há dez meses, cinco tiveram como alvo escritórios de advogados próximos dos suspeitos, que recebiam aconselhamento em relação aos contratos tidos como suspeitos. Em março de 2020, eram 49 as transferências sob suspeita, sendo que antes de ter sido apreendida e analisada documentação este valor já rondava os 200 milhões de euros. Segundo o “JN” existem também suspeitas de que em março o Estado tivesse sido lesado em cerca de 40 milhões de euros, verba que também aumentou ao longo dos meses seguintes.

Ler Mais