57 milhões de euros em comissões. Só ingleses e italianos pagam mais do que os clubes portugueses

Desporto 02-12-2020 13:41

Só os emblemas de Inglaterra e Itália gastaram mais dinheiro com os empresários no mercado de transferências em 2020. No total, os agentes do futebol encaixaram 411 milhões de euros.

Rodolfo Alexandre Reis

Os clubes de futebol em Portugal gastaram 57 milhões de euros em comissões aos empresários no mercado de transferências em 2020, sendo o terceiro país das ligas europeias que mais pagou aos agentes de jogadores, segundo revela o portal “Palco23” esta quarta-feira, 2 de dezembro.

No total das 16.433 transferências internacionais realizadas no ano passado, 20,4% tiveram participação de representantes de jogadores que obtiveram comissões, o equivalente a 3.346 operações, segundo o relatório da FIFA.

Ao todo, os agentes do futebol encaixaram 411 milhões de euros. Os clubes europeus foram os que pagaram praticamente a totalidade das comissões (95,4%), atingindo 392 milhões de euros. Os emblemas que mais contribuíram para este valor foram os ingleses (91 milhões de euros), seguidos pelos italianos (72,8 milhões de euros). Atrás de Portugal surge a Alemanha (53 milhões de euros) e a França (28 milhões de euros).

O número de contratações, excluindo as vendas, que recorreram a empresários caiu 4,6%. Uma descida que segundo o relatório da FIFA, é um reflexo da desaceleração registada no mercado do futebol a nível mundial.

Ler Mais