Sporting SAD estima perdas de 17,5 milhões esta temporada devido à pandemia

Economia da Bola 30-11-2020 22:06

A realização dos jogos da equipa profissional à porta fechada, que não permite a venda das habituais Gamebox (lugares anuais), da bilheteira jogo a jogo, do corporate (camarotes e business seats) deverá determinar um pacto de 17,5 milhões de euros no final da atual temporada, realça a SAD dos leões.

José Carlos Lourinho

A Sporting SAD apresentou esta segunda-feira os resultados financeiros referentes ao primeiro trimestre da época 2020/21, documento onde contabiliza os impactos da pandemia neste período mas também no total da temporada.

“Os resultados do primeiro trimestre da época 2020/21 resultam do efeito incontornável das consequências causadas pela pandemia COVID-19, cujo efeito tem sido global, não sendo a Sporting SAD excepção, estimando-se um impacto negativo em cerca de 5 milhões de euros no trimestre agora findo e no total da época em 17,5 milhões de euros”, pode ler-se no documento remetido à CMVM.

Esses 5 milhões de euros são divididos pelas seguintes linhas de receitas, de acordo com a Sporting SAD: Gamebox e bilheteira a Sporting SAD teve uma perda de receita estimada em 2,2 milhões de euros; no corporate, que inclui os camarotes e a publicidade e patrocínios, uma perda de 1,6 milhões de euros e; no merchandising uma perda de 1,1 milhões de euros.

A SAD dos leões considera que este resultado será “consequência da realização dos jogos da equipa profissional à porta fechada não permitindo a venda das habituais Gamebox (lugares anuais), da bilheteira jogo a jogo, do corporate (camarotes e business seats) e afectando drasticamente outras linhas de receita como é o caso do merchandising, visitas e eventos, entre outras”.

“Considerando a época inteira, o impacto projectado da quebra de receita é de 17,5 milhões de euros. Por outro lado, estima-se uma redução dos custos variáveis para a época 2020/21 no valor de 3,4 milhões de euros (1,2 milhões de euros no trimestre). Assim sendo a perda líquida no primeiro trimestre é de 3,8 milhões de euros e poderá atingir o montante anual de 14,2 milhões de euros”, contabiliza a SAD dos leões.

Ler Mais