Serie A italiana autoriza venda dos direitos televisivos por 1,7 mil milhões de euros

Desporto 20-11-2020 17:20

Segundo Paolo Dal Pino, presidente da Serie A, o acordo agora alcançado representa “um marco histórico na indústria do futebol italiana e permitirá que a Serie A se reafirme como uma marca de calibre mundial”.

João Tereso Casimiro

O organismo que gere a primeira liga italiana de futebol (Série A) confirmou a venda de 10% dos seus direitos televisivos ao consórcio CVC Capital Partners e Advent International por 1,7 mil milhões de euros, segundo o portal “Palco 23”.

Em julho deste ano, a Serie A avaliou a potencial venda de uma percentagem referente aos direitos televisivos a fundos de investimento interessados, com a possibilidade da participação adquirida chegar aos 15% por 2,2 mil milhões de euros. A CVC Capital Partners manteve negociações exclusivas com a Série A para fechar o acordo, mas, como não foi possível, o processo entrou na seleção por meio de oferta pública após receber luz verde da assembleia geral da liga.

Segundo Paolo Dal Pino, presidente da Série A, o acordo agora alcançado representa “um marco histórico na indústria do futebol italiana e permitirá que a Serie A se reafirme como uma marca de calibre mundial”.

A principal competição de futebol italiana perdeu 500 milhões de euros devido às paragens forçadas pela pandemia de Covid-19, que prejudicaram ou eliminaram a maior parte das fontes de receita da liga – bilhetes, patrocínios e direitos televisivos.

Ler Mais