Marca Benfica perdeu 21% do seu valor para 114 milhões

Desporto 29-07-2020 12:06

A equipa da luz continua a ser a única representante portuguesa entre as 50 marcas de futebol mais valiosas a nível mundial, mas desceu seis posições no ranking face a 2019.

André Cabrita-Mendes

O Benfica continua a ser o clube de futebol com a marca mais valiosa em Portugal, segundo um relatório da Brand Finance.

Entre as 50 marcas mais valiosas de futebol, o Benfica continua a ser o único representante português no ranking, surgindo na 46ª posição, seis posição abaixo face a 2019.

A marca Benfica também desvalorizou ao longo da última época: menos 21% para  114 milhões de euros.

“O Benfica é uma das fábricas europeias de talento mais prolíficas, agindo como canal da América do Sul, produzindo também os seus próprios jogadores que proporcionam ao clube elevadas quantias de transferência”, segundo a análise da consultora britânica.

A Brand Finance aponta que o Benfica marca presença regularmente na Liga dos Campeões com 10 presenças consecutivas na fase de grupo na última década.

A presença europeia dá ao Benfica uma “grande vantagem sobre os seus rivais domésticos, assim como assistências médias de mais de 50 mil pessoas”, apontando que a equipa atingiu duas finais da Liga Europa.

“Apesar do clube ter uma dívida considerável, a sua performance financeira é relativamente saudável”, conclui a consultora, apesar da desvalorização do valor da marca, apontando a perda do título desta época para os “rivais ferozes” do FC Porto.

Lá fora, são os gigantes de Espanha quem continua a dominar o futebol mundial: o Real Madrid é a marca mais valiosa de futebol no mundo, seguida do FC Barcelona.

A Brand Finance aponta que esta foi a primeira vez em seis anos que o valor total das 50 marcas mais valiosas registou uma queda: menos 751 milhões de euros, uma descida de 3,7%.

Ler Mais