Antigo árbitro recorda dia em que atirou bota contra Mourinho

Inglaterra 18-09-2021 10:04
Por Redação

Mark Clattenburg, antigo árbitro inglês, está a antecipar partes da sua autobiografia, entre as quais um episódio protagonizado com José Mourinho. Aconteceu em janeiro de 2017, após um jogo entre Stoke City e Manchester United, que terminou com empate a um golo.

«Não passou muito do apito final quando ouvi bater à porta do balneário e o treinador do United, José Mourinho, entrou. Estava a acabar de tirar as botas. ‘Deve estar feliz desta vez', disse-me. 'Não me pode culpar pelo empate, pois não?'», recordou Clattenburg, num artigo publicado no jornal Daily Mail.

O treinador português defendia que um defesa do Stoke, Ryan Shawcross, tinha tocado com a mão dentro da grande área da sua equipa, considerando que tinha ficado por marcar uma grande penalidade a favor do Manchester United.

«’O que está a dizer?’, disse-lhe. ‘Sei bem o que fiz. Vi o vídeo’. Mourinho continuava a falar. Agarrei na minha bota e atirei-a contra a parede onde ele estava. 'Saia do meu balneário, fo*****. Saia!' Mourinho congelou. Perdi o controlo. Não queria saber. Ele não sabia o que dizer. Eu estava farto de todos aqueles 'mind games' ridículos», lembrou.

Clattenburg relatou ainda que voltou a ver as imagens do jogo quando voltou a casa e que a sua decisão foi acertada. No entanto, decidiu naquela altura abandonar a Premier League, mesmo tendo em conta que poucos meses antes tinha dirigido a final do Campeonato da Europa, na qual Portugal venceu a França, em Paris, assim como a final da Taça de Inglaterra.

Ler Mais
Comentários (7)

Últimas Notícias

Mundos