Liga portuguesa é a que aposta menos na formação

Liga 11-05-2021 08:34
Por Redação

O mais recente estudo do CIES - Observatório do Futebol analisa a aposta na formação (jogadores que entre os 15 e os 21 anos tenham estado pelo menos três épocas nos clubes) em 27 ligas europeias e há desde logo uma conclusão que salta à vista: a Liga  portuguesa é aquela em que os clubes menos minutos dão aos atletas das suas academias: 4,7 por cento apenas. No outro extremo surge a Eslovénia, com 26,8 por cento.

No que às big five diz respeito, destaca-se a La Liga espanhola (15,7 por cento), única acima da média do estudo (13,2 por cento), seguindo-se a Premier League inglesa (12,6 por cento), a Ligue 1 francesa (11,8 por cento), a Bundesliga alemã (10,5 por cento) e, por fim, a Serie A italiana (5 por cento). Em termos de clubes europeus, o que mais aposta nos jogadores da formação, em percentagem de minutos, é o Zilina, da Eslováquia, sendo que o Celta de Vigo é o primeiro das big five a aparecer na lista, em 7.º.

O Sporting, que é 67.º no ranking absoluto,  surge destacado na liderança em Portugal (26,3 por cento), seguindo-se o FC Porto (12,6 por cento) e o Belenenses SAD (8,6 por cento). O Benfica surge apenas na quinta posição (6,8 por cento).

Note-se que o estudo contempla apenas jogos do campeonato disputados até 5 de maio.
 

Ler Mais
Comentários (8)

Últimas Notícias

Mundos