Amorim, o segundo mais novo a pegar no ‘caneco’

Sporting 08-05-2021 11:58
Por Eduardo Marques

Como jogador já viveu a experiência de celebrar a conquista de um título nacional, e por três vezes, nas temporadas de 2009/2010, 2013/2014 e 2014/2015, sempre ao serviço do rival Benfica, mas como treinador pode viver essa sensação já na próxima terça-feira, após o duelo com o Boavista, já depois de ter inaugurado o currículo com duas Taça da Liga, no ano passado ao serviço do SC Braga; este ano pelos leões.


Para que tal suceda, ao Sporting basta uma vitória diante dos axadrezados para que haja festa 19 anos depois em Alvalade, com Rúben Amorim a escrever mais uma página de ouro na história do clube com a conquista do título.


Aos 36 anos, feitos em janeiro, o treinador está muito perto de se tornar o segundo mais jovem de sempre do Sporting a segurar no ambicionado caneco, sendo apenas superado por Juca (1961/1962), na altura com 33 anos, numa temporada em que foi promovido de adjunto de Otto Glória para treinador principal para a conquista de um campeonato disputado taco a taco com o FC Porto e apenas decidido na última jornada.

 

Leia mais na edição impressa e digital de A BOLA.

Ler Mais
Comentários (35)

Últimas Notícias