«No Benfica achava que estava sempre tudo contra mim»

Vitória de Guimarães 25-02-2021 14:29
Por Redação

Depois de nove temporadas na formação do Benfica, Celton Biai mudou-se para o Vitória de Guimarães onde espera ainda a estreia pela equipa principal. Diz não ter ídolo, mas no Castelo encontrou uma referência que vinha do Seixal: Bruno Varela.

 

«Todas as situações têm um lado bom e um lado mau, mas aprendi a ver as coisas pelo lado mais positivo. No Benfica, achava que estava sempre tudo contra mim. Aqui é diferente. Tenho conseguido jogar na equipa B e valorizar-me mesmo quando treino com a equipa A. A comunicação com os defesas é boa e nós entendemo-nos todos muito bem», explica o guardião de 20 anos, assumindo que a mudança de clube não foi fácil:

 

«Sair de um clube depois de tantos anos não é uma situação agradável e, muitas vezes, temos medo de sair da nossa zona de conforto. Tive a coragem de pedir para sair porque entendi que ficar no Benfica não seria o melhor para mim. Há muitas pessoas que só se importam em vestir determinado emblema, mas eu não faço parte desse lote. Eu jogo futebol porque gosto muito, porque é no jogo que me sinto verdadeiramente feliz.»

 

Bruno Varela ajudou a minimizar os efeitos dessa transição: «Não tenho ídolos, mas tenho uma grande referência, que é o Varela. Quando fui viver para o Centro de Estágio, o psicólogo do Benfica pediu-lhe para vir falar comigo e aconselhar-me porque eu estava a viver um período mais conturbado. Foi um momento de viragem e significou muito para mim. Quando soube que ele viria para o Vitória fiquei, naturalmente, muito feliz porque todos os jovens querem aprender com os melhores e estar a treinar com ele é o realizar de um sonho. Hoje somos amigos e ele continua a dar-me conselhos no âmbito profissional e também pessoal. Olho para ele como um exemplo a seguir porque acho que ele é a prova de que nunca devemos desistir dos nossos objetivos e sonhos.»

Ler Mais
Comentários (20)

Últimas Notícias

Mundos