Deschamps sem perdão para com Benzema

França 16-01-2021 16:05
Por Redação

Didier Deschamps, selecionador de França, garante que não perdoa Karim Benzema pelas afirmações após ter sido riscado das opções dos bleus na sequência do caso da alegada chantagem ao também jogador da seleção Mathieu Valbuena.

Benzema acusou Deschamps de ter cedido à pressão de «uma parte racista de França», provocando reações junto à casa do selecionador em 2016.

«É algo que não esqueço. Não só em relação a Benzema, há outros que também levantaram essa questão e provocaram atos violentos, que afetaram a minha família. Quando é algo sobre a responsabilidade enquanto treinador, as táticas ou aspetos técnicos, compreendo. Mas passaram a linha, afetaram-me a mim e à minha família, e isso é inaceitável. Sofri as consequências e não posso esquecer. Nunca vou esquecer isso», referiu Deschamps, em declarações à RTL.

Acusado de ser cúmplice na tentativa de chantagem a Valbuena, tendo inclusivamente sido detido em outubro de 2015, Benzema nunca mais foi chamado à seleção francesa.

Ler Mais
Comentários (9)

Últimas Notícias