Bruno Viana volta à agenda europeia

SC Braga 09-07-2020 09:05
Por Redação

Bruno Viana continua no radar de diversos clubes europeus que o seguem de perto, mas todos esbarram nos valores exigidos pela SAD bracarense. O defesa-central brasileiro, que tem contrato até 2023, tem uma cláusula de rescisão de 25 milhões de euros e embora seja difícil que alguém se aproxime dessa verba, o clube já recusou uma proposta de 7,5 milhões do Flamengo por metade do passe.


Há muito que a Lazio colocou Bruno Viana, 25 anos, sob vigilância e o desejo de contar com o defesa continua atual. O emblema italiano, que está na luta com a Juventus pela conquista do scudetto, pode avançar com uma proposta oficial no final do mês, porque tem concorrência em Itália e não pretende deixar escapar um jogador que lhes agrada. O Milan prepara-se para reformular o plantel e Bruno Viana tem características que agradam aos responsáveis do emblema, que admitem abrir os cordões à bolsa.


De Inglaterra também sopram informações de que as exibições de Bruno Viana cativaram elementos do scouting que, antes do Covid-19 alastrar-se pelo mundo, marcavam presença assídua pelas bancadas dos estádios portugueses. O Wolverhampton é um dos clubes da Premier League que têm Bruno Viana na lista de potenciais reforços - curiosamente, esta época, o clube treinado por Nuno Espírito Santo defrontou o SC Braga na fase de grupos da Liga Europa e pôde avaliá-lo in loco - e o Watford também se posiciona na corrida.


 Uma coisa é certa, o SC Braga não vai facilitar nas negociações e a nega dada ao Flamengo, em janeiro deste ano, é exemplo disso mesmo. Jorge Jesus manifestou interesse em Bruno Viana e a Direção do clube carioca tentou fazer-lhe a vontade, tendo avançado com uma proposta de 7,5 milhões de euros por 50 por cento do passe. Os guerreiros rejeitaram os valores apresentados e disseram que só o deixavam sair por 20 milhões de euros.
 

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (13)

Últimas Notícias