Adiada conclusão de inquérito a esquadra palco de violação por polícia

Cabo Verde 05-12-2019 13:17
Por Lusa

O inquérito ordenado pelo Governo cabo-verdiano ao funcionamento da esquadra de Assomada (Santa Catarina), palco da alegada violação de uma mulher por um agente da Polícia Nacional, foi prolongado e as conclusões só serão conhecidas em janeiro.

 

A informação foi confirmada em declarações à agência Lusa pelo ministro da Administração Interna de Cabo Verde, Paulo Rocha, que em 07 de outubro tinha ordenado esta investigação, após conhecida a decisão judicial de deixar um agente da polícia, suspeito de violação de uma mulher naquela esquadra, em prisão preventiva.

 

"Foi solicitada uma extensão do prazo [para a conclusão do inquérito], por mais 25 dias (...) Em princípio, só no início do próximo ano é que terei as conclusões. Só depois é que me poderei pronunciar mais a fundo", avançou o ministro Paulo Rocha, questionado pela Lusa.

Ler Mais

Últimas Notícias