Águias falam em «arbitragem lastimável» e lembram «erros» de Rui Oliveira favoráveis ao FC Porto

Benfica 04-12-2019 13:24
Por Redação

O Benfica qualifica como «lastimável» a arbitragem de Rui Oliveira no jogo da Taça da Liga com o Covilhã, considerando «incompreensível» que o árbitro da AF Porto não tenha assinalado penálti por falta cometida sobre Raul de Tomas, na primeira parte.

 

«Sem desprimor para a justiça do resultado, para a qualidade, mérito e empenho da equipa do Covilhã ou o reconhecimento da exibição menos positiva da nossa equipa, cabe-nos, infelizmente, ter de referir a arbitragem lastimável, desta feita, de Rui Oliveira. Uma arbitragem que faz recordar aquela das meias-finais da Taça da Liga da temporada passada, contribuindo para o crescente descrédito desta competição. É incompreensível que a falta para grande penalidade, cometida sobre Raul de Tomas na primeira parte, não tenha sido assinalada. Houve diversos lances mal ajuizados e o mais caricato ocorreu nos últimos minutos da partida, com um livre potencialmente perigoso à entrada da área do Covilhã transformado em livre contra o Benfica», argumentam os encarnados, na publicação News Benfica.

 

O Benfica traz ainda à colação dois lances ajuizados por Rui Oliveira, na qualidade de videoárbitro, em jogos do FC Porto disputados no Estádio do Dragão.


«Dias e noites infelizes todos temos, mas há uns que têm mais que outros e Rui Oliveira parece ser um desses. Basta relembrar que, sentado no conforto de uma cadeira enquanto VAR, certa vez não viu uma grande penalidade favorável ao Santa Clara e noutra ocasião promoveu a reversão de uma boa decisão – um fora de jogo bem assinalado – que penalizou o Feirense, concedendo um golo ilegal ao adversário. Coincidentemente, ambos os erros ocorreram no Dragão, favorecendo a equipa da casa»

Ler Mais
Comentários (195)

Últimas Notícias