Jesus categórico: «Esse senhor não devia estar no Vasco»

Flamengo 14-11-2019 08:51
Por Redação

Jorge Jesus diz ser normal que ocorram momentos de tensão, entre os jogadores, no final dos jogos. Mas sem intervenção de dirigentes. Considera, por isso, que o responsável do Vasco da Gama, que agrediu Gabigol com uma joelhada, ultrapassou todos os limites.

 

«Situações de bate boca são normais. Mas quando um dirigente entra no meio e agride os jogadores, como fez o senhor do Vasco que não me interessa saber o nome, é grave. Foi falta de respeito ao Vasco, que tem história. Esse senhor não tem capacidade para estar no Vasco», sustentou o treinador português, em conferência de imprensa.

Ler Mais
Comentários (13)

Últimas Notícias