Wen e Ford afastam 'Rocket' e Murphy do English Open

Snooker 17-10-2019 21:58
Por António Barroso

O chinês Mei Xi Wen, de 37 anos, 69.º da hierarquia, e o inglês Tom Ford, de 36 anos, 24.º da tabela mundial, protagonizaram na noite desta quinta-feira duas novas surpresas no English Open, prova da época 2019/2020 da World Snooker a decorrer até domingo, dia 20 do corrente mês, em Crawley (Inglaterra), ao vencerem, respetivamente, o inglês Ronnie O’Sullivan, de 43 anos, segundo do ranking e pentacampeão mundial (2001, 2004, 2008, 2012 e 2013), e o seu compatriota Shaun Murphy, de 37 anos, oitavo da hierarquia (e campeão mundial em 2005), ambos por 4-3, nos oitavos de final da prova.

 

Tom Ford (na foto) fechou mesmo a negra ante Murphy com a perfeição, a tacada máxima, de 147 pontos - 15 pretas com 15 vermelhas, mais as seis da sequência final, 36 bolas de rajada nos buracos sem falhar uma, apoteose nas bancadas da K2 Arena – para se apurar para os quartos de final, sexta-feira, que já serão jogados à melhor de nove possíveis frames, até um jogador vencer cinco (de 5-0 a possíveis 5-4).

 

Por seu turno, Mei Xi Wen mostrou categoria ante o Rocket, e virou de 2-3 – com Ronnie a assinar a sua segunda entrada centenária na prova (tinha uma ante Jamie O’Neill), de 134 pontos a limpar a mesa no quinto parcial, a 1019.ª da sua carreira – para vencer o crónico favorito e assegurar lugar nos oito melhores.

 

O’Sullivan assinou a sua sentença no sétimo e decisivo parcial quando, após 52 pontos do rival, teve a sua chance mas, com meros 16 pontos e uma vermelha falhada para um canto, viu o Xi Wen limpar a mesa com categoria (entrada de 71 pontos) para seguir em frente, e frustrar-lhe os intentos de uma 126.ª final e 71.º título… e 37.º título em provas de ranking, para desempatar em absoluto com o outro recordista, Stephen Hendry, que também soma 36 como o mais ganhador da era moderna desta variante do bilhar.

 

O asiático irá, agora, medir forças com outro dos dois maiores favoritos à vitória final ainda a lutar pela vitória no Open de Inglaterra: precisamente Mark Selby, inglês de 36 anos, quinto do ranking e tricampeão mundial (2014, 2016 e 2016), que suplantou nesta jornada o chinês Xiao Guodong, de 30 anos, 20.º do ranking, por 4-1.

 

Nos outros duelos dos oitavos de final desta sessão noturna, destaque para aquele que veste agora a pele de outro dos maiores favoritos à vitória em Crawley: o norte-irlandês Mark Allen, de 33 anos, sétimo do ranking, que não deu chances (4-0) ao inglês Barry Hawkins, de 40 anos, que fecha o ‘top 10’ mundial e avançou para os oito melhores.

 

O English Open, prova da época 2019/2010 da World Snooker pontuável para o ranking, iniciou-se na segunda-feira e decorre até domingo, dia 20 do corrente mês, em Crawley (Inglaterra). Atribui 405 mil libras (468.540 euros) de prémios, das quais 70 mil libras (80.982 euros) ao campeão.

 

É a primeira de quatro provas das Home Nations Series – com o Open da Irl. Norte, da Escócia e de Gales – e se o mesmo jogador vencer os quatro numa só época tem bónus: um milhão de libras (1,15 milhões de euros) suplementar da World Snooker. A prova é transmitida para Portugal (EuroSport).

 

Oitavos de final, esta quinta-feira (apurados a negro):

Si Jiahui-Tian Pengfei, 0-4

Tom Ford-Shaun Murphy, 4-3

Thepchaiya Un-Nooh-Ricky Walden, 2-4

Ronnie O'Sullivan-Mei Xi Wen, 3-4

Xiao Guodong-Mark Selby, 1-4

Zhao Xintong-David Gilbert, 3-4

Mark Allen-Barry Hawkins, 4-0

Gary Wilson-Lee Walker, 3-4

 

Quartos de final, sexta-feira (hora local e de Portugal continental:

David Gilbert-Ricky Walden (12 horas)

Mei Xi Wen-Mark Selby (14 horas)

Tian Pengfei-Tom Ford (19 horas)

Mark Allen-Lee Walker (19 horas)

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias