Conselho de arbitragem reúne e debate crescimento do sector

Arbitragem 13-10-2019 19:38
Por Redação

Realizou-se, este fim-de-semana em Almeirim, a 17ª edição do fórum de arbitragem. Organizado pelo Conselho de Arbitragem da FPF, esta reunião teve como principal foco a discussão do futuro do sector em Portugal.

 

Como tema base de debate, esteve a necessidade de formar mais árbitros por fim de aumentar o número de profissionais ativos. O ensino da arbitragem nas escolas, foi uma das principais medidas debatidas durante o fórum, como uma possível solução. O projeto do Conselho de Arbitragem da FPF, em parceira com a Coordenação Nacional do Desporto Escolar e o Ministério da Educação e com o apoio da APAF, terá como principal objetivo o ensino da arbitragem em algumas escolas por todo o país.

 

Em declarações na cerimónia de encerramento, Fontelas Gomes, líder do Conselho de Arbitragem da FPF, relembrou à assistência os principais objetivos do órgão que preside, aproveitando também para tecer alguns elogios ao trabalho realizado no fórum: «O Conselho de Arbitragem preza muito este trabalho de equipa e esta parceria com os conselhos de arbitragem distritais. Só desta forma teremos uma melhor arbitragem no futuro, como todos pretendemos. É essencial este trabalho desenvolvido na base do nosso futebol, de captar e de reter os jovens na arbitragem. Só assim atingimos o nosso objetivo de ter mais árbitros e de melhor qualidade. Todos juntos chegaremos mais longe. É este espírito que pretendemos, de união e proximidade. Tem sido sempre assim com este Conselho de Arbitragem e é assim que pretendemos que continue no futuro. Quero deixar uma palavra de agradecimento especial ao Conselho de Arbitragem da AF Santarém, na pessoa do seu presidente Jorge Maia, mas também à AF Santarém e à Câmara Municipal de Almeirim, que nos proporcionaram as melhores condições para a realizar mais esta edição do fórum», afirmou.

 

Júlio Vieira, diretor da FPF, não poupou nas palavras e juntou-se aos elogios e parabenizou o trabalho realizado pelo Conselho de Arbitragem nacional: «A FPF reconhece que o Conselho de Arbitragem sabe desenvolver bem esta política de proximidade com as bases do futebol, mas também da arbitragem, que é um setor fundamental. O presidente da FPF reconhece o vosso trabalho, dedicação e esforço. A forma como sempre esteve unido é algo que merece os nossos elogios. Todos sabemos que nem sempre foi assim no passado. É importante ver esta solidariedade no seio da arbitragem nacional, mas também na relação que mantem com a arbitragem distrital», rematou.

 

A 18ª edição do fórum está marcada para abril do próximo ano, em Bragança.

Ler Mais
Comentários (14)

Últimas Notícias