Oliveirense alerta para a arbitragem

Hóquei em patins 10-10-2019 08:43
Por Gabriela Melo

O diretor desportivo do hóquei em patins da Oliveirense, João Nuno Araújo, admite um cenário de desinvestimento no futuro se «não valer a pena» o esforço de equiparação a Benfica, FC Porto e Sporting, devido às polémicas com a arbitragem desde a última época. Em causa, a derrota da Oliveirense com o FC Porto, na Supertaça, sob arbitragem de Miguel Guilherme e Luís Peixoto, este último também no centro de polémico golo invalidado à equipa na casa do Benfica, a compremeter a liderança da I Divisão, em fevereiro deste ano.

 

A Oliveirense considera-se «prejudicada» em vários momentos nos últimos anos, embora seja «um histórico que, a par do FC Porto, nunca passou pela II Divisão», nas palavras do dirigente. «A Oliveirense não tem sido respeitada, apesar do esforço financeiro para colocá-la ao nível de FC Porto e Benfica e, recentemente, Sporting. Qualquer dia, deixamos de investir na modalidade. Não vale a pena», avisou João Nuno Araújo. É entendimento da Direção que «a arbitragem não acompanha o patamar exigível face ao investimento das maiores equipas». Embora admita que o setor enfrenta problemas, com «ações de formação que não são boas, pagamentos miseráveis e ajudas de custo pagas tardiamente».      

Ler Mais
Comentários (15)

Últimas Notícias