Rafa preocupa

Benfica 09-10-2019 12:18
Por Nuno Paralvas

Todos os cuidados são poucos, na Luz, com a lesão de Rafa, dispensado da Seleção Nacional, com diagnóstico de tendinopatia no adutor à esquerda. O avançado de 26 anos está, agora, entregue ao departamento médico do Benfica para tentar recuperar a tempo de jogar com o Lyon, dentro de duas semanas, o terceiro e decisivo jogo da fase de grupos da Liga dos Campeões. Não é seguro, porém, que isso possa acontecer.

 

Rafa sentiu as primeiras dores no adutor, como A BOLA deu conta, no jogo com o V. Setúbal, a 28 de setembro, na Luz. Deu logo conta disso ao médico dos encarnados, Ricardo Antunes. Sentiu forças para continuar em campo, apesar de diminuído, e completou 90 minutos. Fez tratamentos nos dias que antecederam o jogo com o Zenit, na Rússia, da segunda jornada da Champions, e, mesmo não estando a 100 por cento, quis dar o contributo à equipa. Esteve em campo mais 90 minutos.

 

A sobrecarga física teve efeitos negativos e, agora, Rafa tem mesmo de parar. Além dos jogos da Seleção Nacional com Luxemburgo, sexta-feira, em Alvalade, e com a Ucrânia, segunda-feira, em Kiev, de apuramento para o Campeonato da Europa, Rafa não será opção para a estreia das águias na Taça de Portugal, com o Cova da Piedade, da Liga 2, dia 18.

 

A lesão não é grave, mas o objetivo dos encarnados é ter Rafa a 100 por cento no próximo ciclo competitivo, no qual se decidirá o futuro da equipa na Champions (com dois jogos contra o Lyon) e haverá duelos com Tondela, Portimonense e Rio Ave, para a Liga.

Ler Mais
Comentários (26)

Últimas Notícias