«Estive muito perto de vencer»

Ténis 09:40
Por Redação

O melhor tenista português da atualidade, 30 anos, não conseguiu ultrapassar o número 15 da hierarquia mundial, Borna Coric (15. º do ranking), nas meias finais do ATP 250 de São Petersburgo, na Rússia.

 

O vimaranense perdeu por 2-1, com os parciais de 6/3, 6/7 (5-7) e 1/6 e no segundo set, quando estava em vantagem, esteve a dois pontos de vencer o tie-break e fechar o encontro. No entanto, acabou por claudicar e no terceiro parcial o croata ganhou com facilidade.

 

«A verdade é que estive perto de vencer, tive as minhas oportunidades e não as consegui aproveitar. E no terceiro set, em que ele conseguiu manter uma boa intensidade de jogo, eu não consegui manter o bom nível dos dois primeiros sets», justificou.

 

O número 64 do ranking ATP falou da exigência do encontro com o croata e fez um balanço positivo da semana na Rússia.

 

«A verdade é que estive perto de vencer, tive as minhas oportunidades e não as consegui aproveitar. E no terceiro set, em que ele conseguiu manter uma boa intensidade de jogo, eu não consegui manter o bom nível dos dois primeiros. Foi uma boa semana, em que joguei a um grande nível, o que me deixa contente. Agora, é continuar a trabalhar para manter esta bitola e preparar da melhor maneira o torneio da próxima semana», adiantou João Sousa, que segue agora para o ATP 250 de Chengdu, na China, onde na primeira ronda defronta o sul-coreano Hyeon Chung.

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias

Mundos