«Deram-me um apito, não uma varinha mágica»

Vitória de Setúbal 23-08-2019 23:16
Por Redação

Sandro Mendes, treinador do Vitória de Setúbal, lamenta que a boa exibição no jogo com o Moreirense (0-0), no Bonfim, não se tenha traduzido no primeiro triunfo dos sadinos na Liga.

 

«Dou os parabéns aos meus jogadores pelo que fizeram, pelo que correram e tentaram», elogiou, referindo que, sobretudo na segunda parte, «faltou alguém que empurrasse a bola para dentro da baliza.»

 

Questionado sobre o que falta para a primeira vitória: «Em tom de brincadeira, digo aos jogadores que me deram um apito e não uma varinha mágica. Estamos todos neste grupo de trabalho supertranquilos pelo que temos trabalhado. Cada um que faça a sua análise, falta muita coisa.»

 

Sobre o regresso de Nuno Pinto: «É um dos 30 que temos no plantel. Quando volta? Só o tempo dirá. O jogador tem muita vontade e a prova disso é que quis ir aos sub-23 e não foi contrariado.»

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais
Comentários (13)

Últimas Notícias