Guardiola acusado de desrespeito e arrogância na China

Manchester City 22-07-2019 08:45
Por Redação

A digressão do Manchester City por terras asiáticas, onde disputou a Premier League Asian Trophy, com West Ham e Wolverhampton, está a ser marcada por acusações de desrespeito e arrogância.

A agência estatal de notícias Xinhua apontou o dedo à atitude dos citizens e nem Pep Guardiola escapou. O treinador não terá saudado os adeptos no final do jogo com o West Ham, atitude que mereceu muitas críticas. Mesmo nas ações de promoção fora dos relvados, o comportamento dos jogadores também foi alvo de reparos, para mais contrastando com as comitivas de West Ham e Wolverhampton.

«Enquanto os outros clubes perseguiram os corações dos adeptos locais, para o Manchester City, o principal objetivo aqui na China foi tirar dinheiro dos bolsos. Uma atitude de arrogância e de acreditar que eram a grande atração do troféu, que contrastou com as outras equipas, que deixam a China com mais respeito e adeptos, algo que o Manchester City não conseguiu», pode ler-se no artigo publicado pela Xinhua.

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais
Comentários (9)

Últimas Notícias

Mundos