A cláusula no contrato de Bruno Fernandes que dificulta a vida ao leão

Sporting 21-07-2019 10:46
Por Hugo Forte

Bruno Fernandes continua no radar de clubes ingleses, nomeadamente do Manchester United, mas os red devils tardam em oficializar a proposta para a compra dos direitos económicos do capitão dos leões.

 

O mercado da Premier League está aberto até 8 de agosto e ainda há tempo suficiente para a chegada da documentação oficial mas, segundo diversas fontes contactadas por A BOLA, o problema está na verba pretendida pelos responsáveis leoninos - na ordem dos €75/80 M - em dissonância com aquilo que os interessados estão dispostos a oferecer, tendo em conta a cláusula existente no contrato do jogador, que obriga os leões a indemnizar o número 8 em €5 M caso uma proposta concreta de €35 M ou superior a este montante seja recusada pela administração da SAD leonina.

A cláusula de rescisão é de €100 M, mas este item do contrato atrapalha as contas do leão.

 

Num mundo cada vez mais globalizado e em que a informação corre uma velocidade estonteante, os potenciais interessados no jogador estão a par dos condicionalismos financeiros do leão e na necessidade de encaixe e, por isso, dificilmente cobrirão as verbas requeridas pelos leões, apresentando números a rondar os €50 M. A partir desse momento, ficará na mão dos dirigentes leoninos definir o que fazer, mas, ao que tudo indica, entregarão €5 M a Bruno Fernandes.

 

A partir desse momento, o plano está bem definido na cabeça dos responsáveis leoninos e passa por, em caso de permanência, retirar a tal cláusula de €35 M, estender a ligação do jogador ao Sporting, para já válida até 2023 e, eventualmente, subir ainda mais a cláusula de rescisão.

 

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais
Comentários (155)

Últimas Notícias

Mundos