Ronaldo recorda as origens: «Chorei algumas vezes, foi duro» (fotos)

Internacional 04-07-2019 13:04
Por Redação

Cristiano Ronaldo recordou esta manhã em Singapura, num encontro com alunos de uma escola, que teve uma infância complicada, mas dado o patamar atingiu hoje em dia, aconselhou os jovens que estavam no encontro a «nunca desistirem dos seus sonhos».

 

«Venho de uma família muito humilde mas que sempre me deu oportunidades. Os meus pais disseram-me ´se queres uma coisa vai atrás dela. Fui à procura da minha sorte e consegui», disse a propósito de ter deixado a Madeira para ir para a Academia do Sporting com 12 anos. 

 

«A parte difícil foi ter de deixar a minha família. Foi muito complicado, chorei algumas vezes. Foi duro. Nada é fácil se não te concentras e trabalhas para conseguir. Qualquer coisa que queiram ser, futebolistas ou médicos, não deixem de acreditar nos vossos sonhos. É possível, nunca se rendam», disse à plateia de jovens. numa ação da fundação olímpica de Singapura/Bolsa de estudo Peter Lim, o maior acionista do Valência e um dos principais patronos da fundação. 

 

 

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais
Comentários (8)

Últimas Notícias

Mundos