Poluição do ar na capital atinge valores extremos

México 22-05-2019 00:12
Por Redação

Respirar na Cidade do México é o mesmo que fumar 6,5 cigarros por dia, segundo um estudo de universidade norte-americana.

 

«Isto deve-se ao facto de as nuvens de fumo que surgiram depois dos incêndios que deflagraram recentemente terem deixado o ar bastante poluído, disse Richard Muller, professor de Física da Universidade de Berkeley, estado da California, EUA, que explicou que «se uma pessoa estiver exposta a cerca de 22 microgramas por metro cúbico da partícula PM2.5, é como ter fumado um cigarro por dia».

 

Esta terça-feira os níveis de PM2.5 na Cidade do México fixavam-se nos 158 microgramas.

 

Contas feitas, se «esse valor fosse dividido por 22, conseguimos calcular qual é a equivalências de cigarros que cada pessoa fuma apenas ao respirar - neste caso, cada pessoa 'fumou' em média cerca de sete cigarros por dia». 

 

Estas partículas são prejudiciais para a saúde e podem agravar algumas doenças respiratórias.

 

Várias cidades já declararam estado de emergência e recomendaram as pessoas a ficar em casa para que evitem estar expostas ao ar poluído.

Ler Mais

Últimas Notícias