Elvis Presley acusado de ser pedófilo em biografia polémica

Música 16-05-2019 21:30
Por Redação

Uma biografia polémica sobre Elvis Presley faz revelações chocantes sobre o cantor, afirmando que o norte-americano era um pedófilo que se aproveitava de raparigas menores de idade.

 

Apesar de o livro escrito por Joel Williamson, ‘Elvis Presley: A Southern Life’, ter sido editado em 2014, a notícia destes detalhes em especifico foi entretanto recuperado  pela imprensa internacional.

 

Na biografia em questão, Joel Williamson conta um episódio em que o Rei do rock' aos 22 anos, teve várias namoradas jovens durante uma digressão, sendo que algumas tinham apenas 14 anos.

 

O autor também relata um episódio em que o próprio Elvis levou uma jovem fã até a um hospital depois de ter tido relações sexuais com a mesma e o preservativo se ter rompido durante o ato.

 

De acordo com o jornal 'The Sun', Joel Williamson descreve a relação do cantor com três fãs, também com 14 anos, com quem Elvis Presley teria «lutas de almofadas, para além de as beijar e lhes fazer cócegas em várias partes do corpo».

 

Durante todos estes acontecimentos, a icónica estrela da música mantinha um relacionamento com Dixie Locke, que tinha apenas 15 anos, aquando do início do namoro. 

 

Todavia, Elvis Presley acabaria por casar, aos 31 anos, com Priscilla Presley — o casal conheceu-se quando o cantor tinha 21 anos e Priscilla14.

 

As revelações polémicas do autor não se ficam por aqui: na controversa biografia, Joel Williamson garante também que Elvis Presley era «obcecado por virgens» e que, em agosto de 1970, dormiu com duas mulheres, de 26 anos, que se autoproclamavam «intocáveis».

 

O'Rei do Rock' morreu a16 de agosto de 1977, aos 42 anos

Ler Mais

Últimas Notícias