Theresa May sobrevive a moção de censura

Reino Unido 17-01-2019 09:28
Por Redação

Theresa May venceu a votação numa moção de censura e continuará no cargo de primeira-ministra britânica. A consulta realizada no Parlamento esta quarta-feira registou 325 votos a favor e 306 contra sua continuidade no cargo.

 

O resultado significa que a maioria do Parlamento confia que May tem capacidade para permanecer e continuar com a tarefa de negociar a saída do Reino Unido da União Europeia.

 

A moção de desconfiança foi proposta pelo líder do Partido Trabalhista, Jeremy Corbyn, imediatamente após a rejeição do acordo do Brexit, na terça. A justificativa apresentada foi que, em dois anos de governo, May não conseguiu elaborar uma proposta boa o suficiente para ser aprovada pela maioria no Parlamento.

 

May disse depois, numa declaração à porta do número 10 de Downing Street, estar satisfeita por a Câmara dos Representantes ter demonstrado apoio ao governo e anunciou uma série de reuniões com líderes do Parlamento para discutir o Brexit, com início esta noite. «Estou pronta para trabalhar com qualquer membro desta Casa para entregar o Brexit», disse.

 

Corbyn afirmou, porém, que antes de qualquer reunião o governo deve retirar da mesa a perspectiva de um Brexit sem acordo. Ele condicionou o diálogo à remoção dessa possibilidade.

Ler Mais

Últimas Notícias