Moçambique assume liderança do Fórum Parlamentar da SADC

Moçambique 07-12-2018 16:34
Por Alexandre Zandamela, Maputo

Moçambique foi eleito, esta quinta-feira, para o cargo de Presidente do Fórum Parlamentar da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) para um mandato de dois anos (2019-2020). A Presidente da Assembleia da República, Verónica Macamo, assumiu o desafio de concretizar o sonho dos parlamentares: transformar o Fórum em Parlamento Regional da SADC.

 

A eleição do Parlamento Moçambicano, que sucede ao de Angola, ocorreu durante a 44ª Assembleia Plenária do Fórum Parlamentar da SADC, na qual participaram 14 Estados membros. Além de Moçambique, eleito por unanimidade, os delegados ao Fórum elegeram o Reino de E-Swathini para vice-presidente do órgão.

 

A Presidente do Fórum Parlamentar da SADC, Verónica Macamo, agradeceu a confiança e revelou que assumia o desafio. «Hoje, numa altura em que temos como principal desafio a transformação do Fórum em Parlamento Regional da SADC, iniciamos uma importante etapa do nosso percurso como organização parlamentar, e é com elevada honra que assumimos o desafio de não recuarmos na caminhada pelo alcance desse desiderato, enquanto permanecermos na Presidência», disse.

 

Verónica Macamo convidou cada país para que continue a trabalhar, fazendo advocacia e lobby a favor da transformação do Fórum, de modo que se tenha uma resposta positiva a respeito desta matéria, em Março de 2019.

 

No que toca à integração regional, a recém-eleita Presidente do Fórum Parlamentar da SADC reiterou o seu comprometimento para com a causa e prometeu trabalhar para que a luta nas frentes política, económica e sócio-cultural seja “coroada de êxito”.

O Fórum Parlamentar da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (FP -SADC) foi criado em 1997, como uma instituição autónoma da SADC.

 

É um órgão regional interparlamentar composto por 14 Parlamentos, designadamente da África do Sul, Angola, Botswana, República Democrática do Congo, Lesotho, Malawi, Maurícias, Moçambique, Namíbia, E-Swathini, Tanzânia, Zâmbia e Zimbabwe.

O Fórum procura trazer experiências regionais a nível nacional, para promover as melhores práticas no papel dos parlamentos na cooperação e integração regional, tal como delineado no Tratado da SADC e na Constituição do Fórum.

 

Ler Mais

Últimas Notícias