Schmeichel explica porque está ao lado de João Benedito

Sporting 10-08-2018 11:08
Por Rui Baioneta

Em entrevista que pode ler esta sexta-feira em A BOLA, Peter Schmeichel explica as razões que o levaram a aceitar integrar a lista liderada por João Benedito.

- Foi uma das maiores surpresas que se registou até agora nas listas para as eleições do próximo presidente do Sporting. Porque aceitou o convite de João Benedito?

 

- Foi uma decisão fácil. Há muito que estava na minha mente poder um dia contribuir para ajudar o Sporting, um clube onde fui muito feliz e onde sempre me senti bem acolhido pela massa adepta. Os adeptos do Sporting são de facto especiais para mim. Como disse, esse desejo existia, mas faltava a pessoa certa e o projeto que me fizesse voltar. No João Benedito encontrei essa fórmula, encontrei um projeto de futuro, feito da raça de quem, como eu, foi campeão pelo clube e com a capacidade de liderança que o Sporting necessita para chegar ao topo do futebol europeu.

 

- Há vários candidatos. Considera que João Benedito está a reunir uma equipa capaz de levar o Sporting às vitórias?

 

- O João é um líder natural e já tem a sua experiência como empreendedor. Por isso teve a capacidade de se fazer rodear das pessoas certas para cada uma das áreas, alguns ex-atletas e campeões pelo clube, que hoje têm carreiras de sucesso fora do desporto. Falando diretamente da minha área, que é o futebol, a escolha do André Cruz para diretor desportivo é um sinal claro dessa mentalidade. O André é um líder e uma pessoa de caráter. Foi assim enquanto meu colega no Sporting e será assim enquanto diretor desportivo. 

 

- Na sua função específica, o que tenciona fazer para promover a Marca Sporting internacionalmente?

 

- Farei tudo o que estiver ao meu alcance. O Sporting tem dimensão e massa de adepta para ser um dos maiores clubes da Europa. Tem bases para elevar a sua reputação na Europa. A ideia é pegar em tudo em que o Sporting se destacou até hoje, desde a formação de excelência, à paixão dos seus adeptos, ao sucesso no futebol e nas modalidades e aos valores distintos que sempre defendeu, para projetar o nome do clube lá fora, como uma marca de excelência. Para além disto, acredito que com a futura liderança do João Benedito, o Sporting estará mais perto de vencer e não há nada como o sucesso para valorizar um clube e uma marca.  

 

- Figo e Cristiano Ronaldo são dois nomes que o vão ajudar…

 

- São grandes nomes, sem dúvida. O Sporting, como mais nenhum outro clube ao nível mundial, conseguiu criar talentos desta dimensão. Estamos a falar de dois Bolas de Ouro.  É algo que me enche de orgulho, enquanto ex-atleta e adepto, e que contribui, naturalmente, para facilitar a projeção da Marca Sporting no mundo.

 

- Mesmo longe, continuou sempre a acompanhar o Sporting?

 

- Sim, claro! O Sporting foi um clube onde fui muito feliz e que me marcou enquanto atleta. Foi um primeiro ano fantástico, onde fomos campeões passados 18 anos, com uma carga emotiva muito grande para jogadores e adeptos. Infelizmente nos últimos anos não temos tido o privilégio de acompanhar o Sporting nessas vitórias, mas acredito que em breve essa realidade mudará.

Ler Mais
Comentários (7)

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais