«Cenário é desastroso»

Sporting 12-06-2018 20:18
Por Redação

Miguel Salema Garção, antigo dirigente do Sporting, apela aos jogadores para que repensem as rescisões de contrato em nome dos superiores interesses do clube e da SAD.


«Peço que não tomem essa posição. Estão a prejudicar o Sporting e, nesse caso, a sociedade desportiva do futebol. O Sporting tem uma empresa cotada em bolsa, tem acionistas e, portanto, necessita de garantir os seus ativos, necessita de garantir a sustentabilidade, presente e futura, da sociedade. Mas, fundamentalmente, é importante garantir um plantel que possa competir na próxima temporada, com capacidade de lutar para vencer as competições onde está inserido», salientou, citado pelo site da Renascença.


«Neste momento, o cenário é desastroso», avaliou, apreensivo, o antigo administrador e diretor de comunicação do Sporting.


«O momento é preocupante, a sustentabilidade da sociedade desportiva pode estar em causa, os stakeholders do Sporting, nomeadamente colaboradores, fornecedores, sponsors, organismos nacionais e internacionais do futebol e todos os outros estão, seguramente, preocupados com aquilo que se passa no Sporting», sublinhou.


Questionado se admite avançar em cenário de eleições, considera Salema Garção ser prematuro apontar candidatos à presidência.


«Estarei sempre disponível, enquanto sportinguista, para ajudar o clube, independentemente da situação. Mas, nesta fase, aquilo que espero é que os órgãos sociais do Sporting tenham a hombridade de apresentarem a sua demissão para se abrir um processo eleitoral e garantir o futuro e presente», vincou.

Ler Mais
Comentários (40)

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais