«Estamos a fazer coisas muito boas mas temos muito para melhorar»

Tondela 21-09-2019 14:18
Por Arménio Pereira

Natxo González, treinador do Tondela, fez a antevisão ao jogo deste domingo em casa frente ao Vitória de Guimarães (18 horas). O arranque da Liga sob o comando do treinador espanhol está a ser positivo, com a equipa a ocupar o 6.º lugar na tabela classificativa apesar de ainda não ter conseguido vencer em casa.

 

O jogo frente aos vimaranenses oferece dificuldades mas objetivo do técnico espanhol é mesmo conquistar os três pontos: «É uma partida que esperamos poder ganhar, especialmente, porque vimos de uma vitória fora de casa e queremos ampliar todas as nossas forças».

 

Natxo González reconhece que os adeptos estão ansiosos por essa vitória no seu estádio. Para isso é preciso ultrapassar um adversário difícil, que vem de uma jornada da Liga Europa.

 

«É uma equipa com muita história, um rival poderoso na Liga que nos motiva mais», referiu.

 

Para o técnico do Tondela, o Vitória de Guimarães «domina muitos registos, com qualidade e uma equipa perigosa nas transições e jogadores com qualidade individual.» Apesar do bom começo de época, Natxo González considera que há um longo caminho pela frente.

 

«Estamos a fazer coisas muito boas, mas temos muito para melhorar», salientou, admitindo que ainda assim é mais fácil somando pontos.

 

Os resultados têm sido melhores fora do que em casa, no entanto, a ideia de jogo é a mesma: «Não creio que haja muita diferença, quando jogamos em casa com equipas com um bloco mais baixo temos de ter a iniciativa e as equipas visitantes esperar pelo erro.»

 

O treinador não atribui grande importância por estar a protagonizar o melhor começo de época desde que o Tondela está na Liga.

 

«O mais importante é trabalhar e centrarmo-nos na próxima partida que é amanhã para tentar ganhar», dando especial destaque ao equilíbrio emocional da equipa.

 

Os jogadores João Pedro e Richard Rodrigues saíram lesionados do último jogo diante do Rio Ave e poderão não estar em condições para a receção ao Vitória de Guimarães.

 

«Temos uma mínima esperança, não vai ser fácil, mas sempre que falta algum jogador resta potenciar o coletivo», concluiu.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias