TPI condena ‘O Exterminador’ a 30 anos, uma das maiores penas de sempre

RD Congo 07-11-2019 21:45
Por Redação

O Tribunal Penal Internacional (TPI) sentenciou a 30 anos de cadeia o congolês Bosco Ntaganda, conhecido como ‘O Exterminador’, na sequência da sua condenação por crimes de homicídio, violação e escravatura sexual.

 

A sentença é uma das maiores alguma vez proferida por um tribunal internacional.

 

Bosco Ntaganda foi considerado culpado, em julho, de 18 acusações de crimes de guerra e contra a humanidade pelo seu papel nas atrocidades durante um conflito étnico sangrento numa região rica em minerais na Rep. Democrática do Congo, entre 2002 e 2003.

 

Ntaganda não demonstrou qualquer emoção quando o juiz-presidente do TPI, Robert Fremr, leu a sentença, que inclui penas entre oito e 30 anos de prisão por crimes individuais e uma condenação global de 30 anos.

 

A pena máxima atribuída pelo TPI são 30 anos, mas os juízes podem decretar sentenças de prisão perpétua.

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Últimas Notícias