Condenada a um ano de prisão por ir ao estádio, Sahar imolou-se

Irão 10-09-2019 16:59
Por Redação

A agência iraniana Shafaghna confirmou esta terça-feira a morte de Sahar Khodayari. Conhecida como a rapariga azul nas redes sociais, esta mulher de 29 anos era uma fervorosa adepta do Esteghlal, terceiro classificado da liga persa.

 

A morte de Sahar surgiu como uma forma de protesto. Na semana passada tinha sido condenada a um ano de prisão por ter entrado no Estádio Azadi para ver o último jogo do Esteghlal no campeonato. Conhecida a setença, Sahar Khodayari imolou-se à porta do tribunal, que levou à morte depois de uma semana internada no hospital de Teerão.

 

Esta situação foi descrita pelo governo iraniano como «um incidente grave», o que não mostra qualquer abertura para uma mudança legislativa apesar dos apelos de várias figuras do desporto, entre os quais Ali Karimi, recordista de internacionalizações pelo Irão.

Ler Mais
Comentários (14)

Últimas Notícias