Grammy: mulheres em destaque, aparição de Michelle Obama e o rap a ganhar

Música 11-02-2019 08:00
Por Redação

«This is america», de Childish Gambino, venceu esta madrugada quatro Grammys, incluindo Melhor Canção e Melhor Gravação. Foi o primeiro rap a ganhar estas categorias na história dos Grammy, mas o músico, no entanto, não foi à cerimónia.

 

Quem esteve, sim, foram Lady Gaga, Brandi Carlile e Kacey Musgraves - esta com Álbum do Ano -, que venceram três cada uma.

 

A cerimónia começou com a participação surpresa da ex-primeira-dama Michelle Obama num grupo com Lady Gaga, Jada Pinkett-Smith, Alicia Keys - apresentadora da noite - e Jennifer Lopez, falando sobre a importância da música na sua vida - recordou os discos da Motown, a maior gravadora de soul music.

 

 

Outros prémios de destaque da noite ficaram com Dua Lipa, como Artista Revelação, Cardi B foi a primeira mulher a ganhar o prémio de Melhor Álbum de Rap. Drake apareceu de surpresa para receber o prémio de Melhor Música de Rap. 

 

Principais vencedores:

 

Álbum do ano: "Golden hour" - Kacey Musgraves

Gravação do ano: "This is America" - Childish Gambino

Melhor canção: "This is America" - Childish Gambino

Melhor artista novo: Dua Lipa

Melhor performance pop de duo ou grupo: Lady Gaga e Bradley Cooper - "Shallow"

Melhor disco de country: "Golden hour" - Kacey Musgraves

Melhor música de rap: "God's plan" - Drake

Melhor disco de r&b: "Her" - H.E.R.

Melhor disco de rap: "Invasion of privacy" - Cardi B

Melhor Álbum de Música Alternativa: "Colors" - Beck

Melhor Banda Sonona para Media Visual: "Pantera Negra" - Ludwig Goransson (compositor)

Melhor Canção Composta para Media Visual: "Shallow" - Lady Gaga, Mark Ronson, Anthony Rossomando e Andrew Wyatt

Melhor Álbum de Pop Latino: "Sincera" - Claudia Brant

Melhor Vídeoclip: "This is America" - Childish Gambino

Melhor Performance Solo de Pop: "Joanne (Where do you think you're goin'?)" - Lady Gaga

Melhor Álbum Pop Vocal: "Sweetener" - Ariana Grande

Melhor Gravação Dance: "Electricity" - SilkCity e Dua Lipa (com participação de Diplo)

Melhor Performance de Rock: "When bad does good" - Chris Cornell (prêmio póstumo)

Melhor performance rap/falada: "This is America" - Childish Gambino

Melhor Álbum de Rock: "From the fires" - Greta Van Fleet

Melhor Canção de Rock: "Masseduction" - St. Vincent

Melhor Performance de Rap: "King's dead" - Kendrick Lamar, Jay Rock, Future e James Blake; "Bubblin" - Anderson Paak

Produtor do Ano, Não-Clássico: Pharrell Williams

Melhor performance country solo: “Butterflies” — Kacey Musgraves

Melhor música country - "Space cowboy" - Kacey Musgraves

Ler Mais

Últimas Notícias