«Nesta escola o director chega a fazer de porteiro» - Público

Revista de Imprensa 12-01-2019 11:11
Por Redação

«“O potencial de risco nas escolas é muito grande", avisa o director da Escola Básica e Secundária de Canelas, em Vila Nova de Gaia. Com apenas 15 funcionários de serviço, para um universo de 1342 alunos, esta escola tornou-se num "monstro impossível de controlar".

 

(...)Com os referidos 1342 alunos, esta escola, sede de um agrupamento com 11 estabelecimentos de ensino, devia ter pelo menos 21 funcionários a trabalhar. Destes, no dia em que o PÚBLICO falou com o director, Artur Vieira, apenas 15 estavam de serviço. Não chegam para cobrir as necessidades de um estabelecimento labiríntico, no qual, a partir de um bloco central, emanam cinco outros blocos, unidos por zonas de recreio, escadas e corredores. A escola soma mais de 32 mil metros quadrados. O equivalente, mais ou menos, a três campos de futebol. Um dos blocos, o F, tem quatro pisos. No total, são mais de 80 os compartimentos de wc.»

Ler Mais

Últimas Notícias