Escola primária acusada de segregação racial

África do Sul 11-01-2019 12:38
Por Redação

Uma escola primária sul-africana está a ser acusada de segregação racial, após a divulgação de uma imagem de uma sala de aula, onde é possível ver crianças brancas sentadas separadas das crianças negras. A professora já foi suspensa.

 

As aulas no centro Laerskool Schweizer-Reneke, no nordeste da África do Sul, foram suspensas na quinta-feira e a escola permanece hoje fechada, enquanto as autoridades locais investigam o incidente.

 

A fotografia tornou-se viral e gerou uma onda de indignação na sociedade sul-africana, que viveu sob o regime segregacionista do "apartheid".

Ler Mais

Últimas Notícias