Porto recebe primeira viagem da Bienal de São Paulo (fotos)

Porto 01-10-2015 22:58
Por Álvaro Gonçalves
A Bienal de São Paulo, fundada em 1951 e a segunda mais antiga do mundo a seguir à Bienal de Veneza, inaugurada em 1885, pela primeira vez nos seus mais de 60 anos de história viajou para fora do Brasil.

Portugal, mais concretamente a cidade do Porto, foi o local escolhido para a primeira aparição além-fronteiras, sendo o Museu de Arte Contemporânea de Serralves responsável por exibir a partir de hoje, e até 17 de janeiro do próximo ano, a exposição que visa como principal objetivo aproximar a arte brasileira do público internacional.

Com o título «como (…) coisas que não existem», estando as reticências reservadas para verbos mutantes, que significam uma constante transformação dos temas abordados, a exposição apresenta obras de 28 artistas – em formato de pintura, escultura e vídeo - que foram escolhidas por Charles Esche, Galit Eilat e Oren Sagiv, três dos curadores da Bienal de São Paulo que estão no Porto para as apresentarem.

Na cidade invicta, através da discussão de assuntos como a religião, educação, colonialismo ou a criminalização da pobreza, a intenção passa por abordar o modo como a arte pode contribuir para a alteração da forma de pensar o mundo.

Fotos ASF/Helena Valente
Ler Mais

Últimas Notícias