Marcelo não descarta público na fase final da Champions

País 20-06-2020 08:44
Por Redação

Marcelo Rebelo de Sousa afirmou, ontem à noite, na zona ribeirinha de Alcântara, em Lisboa, que é Portugal quem decidirá sobre a presença de público, ou não, na fase final da Liga dos Campeões e destacou a importância de Lisboa receber a competição.

 

«Se for uma situação que aconselha a que não haja público, não há público. Quer dizer, quem manda é o país onde se realiza. Esta prova em Lisboa para a economia do país significa uma promoção que não tem preço. Quer dizer, se tivéssemos de fazer uma campanha internacional de turismo, custaria um balúrdio para ser equivalente ao efeito que aquilo tem. Outra coisa, como é evidente, são as regras sanitárias, que são para respeitar. Se fosse hoje era óbvio que não devia haver público», realçou o governante.

O Presidente da República disse, ainda, não compreender as críticas que foram feitas à cerimónia onde discursaram também os presidentes da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, e o primeiro-ministro, António Costa: «As pessoas têm de perceber o seguinte: estamos a fazer o que podemos pela economia portuguesa. A competição permitirá encher não sei quantos hotéis de Lisboa, só com as comitivas das equipas, sem público, e representará uma promoção a milhões e milhões e milhões de espectadores, potenciais turistas de todo o mundo, num momento em que isso é disputado por toda a gente, o que a senhora Merkel gostaria de ter, o que os governantes espanhóis gostariam de ter.»

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (33)

Últimas Notícias