18.º lugar para Miguel Oliveira no GP da Alemanha após queda

Moto GP 07-07-2019 14:03
Por Redação

Miguel Oliveira terminou o Grande Prémio da Alemanha na 18.ª posição, depois de ter partido do 20.º lugar, e sido prejudicado por um queda à segunda volta. O vencedor foi o espanhol Marc Márquez (Honda), que chegou quinta vitória da temporada e à impressionante marca de 10 vitórias seguidas no circuito de Sachsenring.

 

 

Fabio Quartararo (Yamaha) que partiu da segunda posição, e ontem deslocou um ombro, caiu logo à segunda volta, o que fez mexer com a classificação, uma vez que Miguel Oliveira já tinha recuperado cinco lugares.

 

 

Maverick Viñales (Yamaha) e Álex Rins (Suzuki) tentaram dar luta, mas o líder do Mundial dominou do princípio ao fim. A onze voltas do fim, as coisas melhoraram para o espanhol com a queda de Rins. Cal Crutchlow (Honda) acabou por terminar na terceira posição. 

 

O piloto português não pontuou e fica na 18.ª posição com 15 pontos. 

 

Classificação do GP:

 

1. Marc Marquez (ESP/Honda) 41:08.276
2. Maverick Vinales (ESP/Yamaha) a 4.587
3. Cal Crutchlow (GBR/Honda-LCR) a 7.741
4. Danilo Petrucci (ITA/Ducati) a 16.577
5. Andrea Dovizioso (ITA/Ducati) a 16.669
6. Jack Miller (AUS/Ducati-Pramac) a 16.836
7. Joan Mir (ESP/Suzuki) a 17.156
8. Valentino Rossi (ITA/Yamaha) a 19.110
9. Franco Morbidelli (ITA/Yamaha-SRT) a 20.634
10. Stefan Bradl (GER/Honda) a 22.708

(...)

18. Miguel Oliveira (POR/KTM) a 57.377

 

 

Classificação geral (9 em 19 corridas):
1. Marc Marquez (ESP/Honda) 185 pts
2. Andrea Dovizioso (ITA/Ducati) 127
3. Danilo Petrucci (ITA/Ducati) 121
4. Alex Rins (ESP/Suzuki) 101
5. Maverick Vinales (ESP/Yamaha) 85
...
18. Miguel Oliveira (POR/KTM) 18

 

 

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais
Comentários (7)

Últimas Notícias