Quinze detidos em Espanha por suspeita de viciação de resultados

Ténis 10-01-2019 12:00
Por Redação

Numa operação levada a cabo pela Guarda Civil espanhola, 15 pessoas foram detidas sob suspeita de estarem envolvidas numa rede de resultados combinados no ténis. Foram investigadas 65 pessoas, entra as quais 28 tenistas profissionais das categorias ITF Futures e Challenger.

 

Os dados da chamada operação Bitures foram agora divulgados pela Guarda Civil espanhola, que em outubro deteve, preventivamente e sem direito a fiança, cinco pessoas, entre as quais o tenista profissional Marc Fornell, considerado o cabecilha do grupo.

 

De acordo com a Guarda Civil, a operação iniciou-se após uma denúncia de responsáveis da Unidade de Integridade do Ténis, um organismo internacional anticorrupção da modalidade.

 

A investigação chegou à conclusão de que a rede usurpou milhares de identidades pessoais, que associou a contas bancárias próprias, através das quais recebia os prémios.

 

Um grupo de indivíduos arménios, em conluio com cabecilha, subornava jogadores, assegurando-se depois de que as apostas eram feitas, e vários membros marcavam presença nos jogos de forma a intimidar os tenistas.

 

Os investigadores indicaram que a organização atuava desde fevereiro de 2017, tendo gerado ganhos de milhares de euros.

 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias