Lineker confessa: «Gostava de ter batido num árbitro antes de me ter retirado»

Inglaterra 21:23
Por Redação

Gary Lineker recordou os tempos em que jogava futebol, numa entrevista ao The Guardian, na qual lamentou nunca ter sido expulso, admitindo que «gostava de ter batido num árbitro» antes de se retirar.

 

Lineker, de 58 anos, jogou no Leicester, Everton, Barcelona, Tottenham, o clube japonês Nagoya Grampus, bem como na seleção de Inglaterra e nunca recebeu um cartão amarelo.

 

«Gostava de ter batido num árbitro antes de me ter retirado. À medida que a minha carreira se foi desenvolvendo, surgiu a conversa de que nunca tinha recebido um cartão amarelo», referiu o ex-futebolista, que confessou que essa afirmação lhe passou várias vezes pela cabeça enquanto jogador do Barcelona.

 

«Eu não era um santo e passei três anos em Espanha, onde surgem cartões amarelos por todo o lado, por isso foi um milagre nunca ter recebido nenhum. Toda a gente gozava comigo e perguntava ‘Porque não te metes com o árbitro?’, o que teria sido obviamente muito estúpido, mas poderia ter sido divertido no meu último jogo», contou Lineker.

Ler Mais
Comentários (14)

Últimas Notícias