Líder de «barra» do Boca Juniors deportado para a Argentina

Espanha 06-12-2018 15:36
Por Redação

As autoridades espanholas não estão dispostas a correr riscos no Boca-River deste fim de semana em Madrid, que vai decidir o vencedor da Libertadores, e os adeptos foram passados a pente fino.

 

Assim, a polícia identificou logo no aeroporto de Barajas em Madrid, e reenviou de volta para a Argentina, Maxi Mazzaro, um dos cabecilhas das barras do River. Não foi autorizada a sua entrada em Espanha por não ter os documentos necessários e será devolvido ainda hoje a Buenos Aires.

 

«A polícia espanhola considerou que o barra brava Maximiliano Mazzaro é perigoso para a segurança e foi expulso; qualquer barra que viaje com antececentes de homicídio será deportado», explicou Guillermo Madero, director de Segurança e Espectáculos Futebolísticos, à Radio La Red.

 

O River Plate e o Boca Juniors disputam este domingo a segunda mão da final da Taça Libertadores, que foi adiada devido ao ataque ao autocarro do Boca Juniors por parte dos adeptos rivais antes do jogo em Buenos Aires. Na primeira mão, disputada no La Bombonera, casa do Boca, registou-se um empate 2-2.

 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias