«Temos de perceber que é uma final e não um amigável»

Libertadores 06-12-2018 14:40
Por Redação

Carlos Tévez reuniu-se com os jornalistas para fazer a antevisão da segunda mão da Taça Libertadores. O encontro foi deslocado para o Santiago Bernabéu, em Madrid, como medida de prevenção para a violência que se verificou na Argentina.

 

O avançado do Boca Juniors admitiu que a estranheza de disputar o Superclássico fora da Argentina.

 

«É difícil estarmos focados no jogo. Viemos de viagem para Madrid, estamos num país novo. É sempre complicado e diferente do que estás habituado. Vamos ter de perceber que estamos a disputar a final da Libertadores e não um qualquer jogo de pré-época. E isso é trabalho dos jogadores mais experientes», assumiu aos jornalistas.

 

Tévez aproveitou ainda para comentar as situações de violência vividas à chegada ao Estádio Monumental.

 

«Estou cansado de todas essas situações. Não podemos dar importância a isso e concentrar apenas no que se joga dentro do campo. Agora deviam olhar para Espanha e para aquilo que fizeram com as claques: tiveram mão dura. É algo que precisamos também», concluiu.

 

Recorde-se que a segunda mão da final da Taça Libertadores está marcada para este domingo, nove de dezembro, no Santiago Bernabéu. Boca Juniors e River Plate empataram a duas bolas na primeira partida.

 

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias