«Vou ter de correr riscos, é a única forma»

BRASIL 21-09-22 4:51
Por Redação

O técnico do Corinthians reconhece que irá fazer alguma gestão na equipa nos jogos do campeonato devido à final da Taça do Brasil.

«A consequência de poupar é não estarmos tão competitivos como queremos nos jogos do campeonato, como aconteceu no último desafio [derrota frente ao América Mineiro). É preciso fazer gestão. Temos alguns jogadores experientes que precisam de ser bem geridos para chegarem fortes aos jogos decisivos. Vou ter de fazer isso, mesmo correndo alguns riscos, como no último jogo, mas é a única forma», explicou o técnico.

O Corinthians defronta o Flamengo a 12 e 19 de outubro na final da Taça do Brasil, sendo que joga primeiro em casa e depois fora.