«Estamos onde queríamos estar, a passar em primeiro»

FUTSAL 19-09-21 10:16
Por Redação

O selecionador nacional Jorge Braz mostrou-se satisfeito com o primeiro lugar do Grupo C, no Mundial da Lituânia, após o empate com Marrocos (3-3), reconhecendo que ainda há algumas coisas a melhorar. 

«Sabíamos que era a seleção mais difícil, mas nós é que complicámos num ou noutro momento. Após sofrer um golo, reagir como reagimos, a qualidade que tivemos a seguir, quer a pressionar, quer a jogar, quer a construir, fizemos o 2-1 e podíamos ter feito o terceiro ou o quarto. Acho que foi um período muito bom no jogo. Na segunda parte, entrámos bem, sofremos o empate num livre esquisito, mas, mesmo assim, reagimos e permitimos o empate no fim. Este jogo e esta fase terminam hoje. Primeiro lugar do grupo, não foi com três vitórias, foi com duas vitórias e um empate, mas estamos onde queríamos estar, a passar em primeiro. Temos quatro dias para preparar o próximo jogo, venha a fase a eliminar. Estaremos prontos para crescer e melhorar. Acabámos em primeiro, que era o que eu queria. Agora, venha quem vier, vai ter de levar connosco. Nós, agora, é para passar os oitavos e ir para os quartos de final», realçou o selecionador, em declarações ao site da Federação Portuguesa de Futebol.