Liga arquiva queixa do Sporting contra Pepe

FC PORTO 18-09-21 10:17
Por Redação

A Comissão de Instrutores da Liga arquivou o pedido de auto de flagrante delito, solicitado pelo Sporting, por alegada agressão de Pepe, central do FC Porto, a Coates, central e capitão do Sporting, no clássico do passado sábado, no Estádio José Alvalade (1-1). 

A Comissão de Instrutores da Liga considerou não existir matéria de facto para abrir um processo em relação ao caso que tinha sido apresentado pelo Sporting na passada segunda-feira, com uma exposição onde foram anexadas imagens do lance em específico, ocorrido aos 32 minutos de jogo, envolvendo Pepe e Coates, e que levou os leões a considerar tratar-se de uma agressão, pedindo então um auto de flagrante delito, com base no ponto 2 do artigo 258.º do Regulamento Disciplinar da Liga, em que se explica que a infração é «detetada através de objetos ou sinais percecionados diretamente, ainda que através da visualização de imagens televisivas, que mostrem claramente que a infração foi cometida e o agente nela participou».

Segundo o artigo 259.º, o auto passou pela Secção Disciplinar quem «até ao dia útil seguinte ao da respetiva receção, deles notificará os clubes e os agentes desportivos neles referidos» e, no ponto 3, é dito que «é proferida decisão no prazo de dois dias.» Algo que sucedeu, então, com o arquivamento da queixa.