Médico do Spezia acusa jogadores

ITÁLIA 21-07-21 9:31
Por Redação

Vincenzo Salina, médico do Spezia, considera que parte da responsabilidade no foco de Covid-19 que atacou o clube - são já onze os casos positivos - está em dois jogadores que não quiseram vacinar-se.

«Distribuímos a primeira dose da vacina, mas dois jogadores não quiseram vacinar-se e criou-se um pequeno foco do ponto de vista clínico. Um desses dois deu positivo e depois os outros jogadores vacinados tinham a primeira dose há pouco tempo, ainda não tinham imunidade», lamentou na rádio Punto Novo.

«Felizmente todos estão bem e estou certo de que depois da segunda dose não vamos ter mais problemas. Todos os jogadores deveriam vacinar-se, mas só o que podemos fazer é convencê-los...»