Golo de Uribe «reduziu uma injustiça gigante», assinalam dragões

FC PORTO 07-05-21 9:6
Por Redação

Através da newsletter oficial do clube, o FC Porto comentou o empate frente ao Benfica (1-1) registado na noite de quinta-feira no estádio da Luz.

«Um belíssimo golo de Matheus Uribe, a fechar um trabalho igualmente brilhante de João Mário, reduziu uma injustiça gigante em fase de projeto à condição de um mal menor. Da Luz, onde o FC Porto foi efetivamente melhor do que o adversário, como demonstram de forma avassaladora os dados estatísticos do jogo, a equipa de Sérgio Conceição regressou com um empate (1-1) e com o acesso direto à Liga dos Campeões mais próximo, mas ainda não garantido», refere a publicação Dragões Diário.

Sérgio Conceição voltou a ficar em silêncio tanto na flash-interview como na sala de imprensa, pelo que foi o seu adjunto, Vítor Bruno a comentar o jogo. «A superioridade do FC Porto foi tão óbvia que Vítor Bruno detetou 'uma equipa mais forte do que a outra durante praticamente oitenta minutos', dispensando-se do preciosismo e redundância de a identificar», sublinha a mesma publicação.

«Mesmo com o primeiro lugar mais longe, à distância de oito pontos, Matheus Uribe mantém o FC Porto nas contas do título», conclui-se ainda.