Antigo jogador da NFL matou cinco pessoas e suicidou-se

FUTEBOL AMERICANO 08-04-21 5:30
Por Redação

Phillip Adams, antigo jogador da NFL, a liga de futebol norte-americano, é o presumível autor de um massacre que vitimou cinco pessoas, incluindo duas crianças, antes de suicidar-se, em Rock Hill, na Carolina do Sul.O homicídio levou à morte o médico Robert Lesslie, de 70 anos, a sua mulher, Barbara, de 69, assim como os netos do casal, Adah, de nove anos, e Noah, de cinco. Foi ainda encontrado um quinto cadáver no exterior da habitação, já identificado como James Lewis, de 38 anos, que trabalhava na casa dos Lesslie.O departamento do xerife de Rock Hill revelou que o suspeito foi procurado durante várias horas nas casas vizinhas, tendo encontrado o antigo jogador também já morto, ao que tudo indica, por suicídio, com um tiro de pistola já depois da meia-noite.Uma fonte próxima da investigação, citada pela estação televisiva CNBC, explicou que os pais de Phillip Adams vivem perto da casa do médico que foi assassinado e que ex-jogador chegou a ser tratado pelo clínico.Phillip Adams esteve cinco temporadas na NFL, representando San Francisco 49ers, New England Patriots, Seattle Seahawks, Oakland Raiders, New York Jets e Atlanta Falcons.